Os servidores são computadores presentes em um grande número de empresas, pelo fato de garantirem a segurança dos dados e das informações. Em muitos locais, é fácil encontrar a sala de servidor, um espaço destinado exclusivamente para eles. 

Esse ambiente precisa ser bem acondicionado, permitindo que toda a equipe de TI consiga trabalhar para manter a segurança contra danos virtuais ou materiais. É interessante destacar que os servidores têm como função atender outras máquinas, e estão no centro das redes de computadores. 

O uso de novas tecnologias está tornando a utilização de servidores uma prática cada vez mais importante. É raro encontrar empresas que não contem com uma sala de servidor. Entretanto, é comum mantê-la desorganizada, já que poucas pessoas têm acesso a essa sala, principalmente em empresas pequenas.

Entretanto, sua organização pode impactar diretamente o sucesso do negócio. Então, continue a leitura deste artigo e conheça 4 dicas para organizar a sala de servidor agora mesmo. Não deixe para depois. 

O que é sala de servidor?

Trata-se do ambiente em que são dispostos os servidores. É preciso que a sala tenha tamanho suficiente para abrigar todos os equipamentos, cabos, fios e os profissionais responsáveis pela área de TI da sua empresa.

Lembre-se: os profissionais precisarão se movimentar, logo, o espaço deve ser amplo e adequado para que eles possam realizar seu trabalho de forma adequada.

O ideal é contar com salas cujo pé-direito seja entre 3,5 e 5,5 metros de altura, propiciando um bom fluxo de ar. Não se esqueça de instalar um aparelho de ar-condicionado para garantir que os equipamentos sempre trabalhem na temperatura ideal.

Qual a diferença entre servidor físico e servidor em nuvem?

Atualmente existe uma tendência no mercado ao pensar em recursos de TI que é a tecnologia em nuvem e ela já chegou no mundo dos servidores (provavelmente você já ouviu falar sobre o cloud computing). Os servidores em nuvem estão se tornando extremamente populares. Eles podem ser contratados de acordo com a demanda atual da empresa, gerando economia de recursos. 

O fato de não depender de uma estrutura física robusta é um diferencial, permitindo que as empresas passem por processos de expansão em um curto prazo. A flexibilidade e a disponibilidade constante são fundamentais para prover mais rapidez aos processos. 

Obviamente, os servidores físicos necessitam de um espaço para serem armazenados: a sala de servidor. Além disso, caso aconteça algum acidente, como um incêndio, todas as informações podem ser perdidas.

O uso de servidores em nuvem apresenta inúmeras vantagens, principalmente para negócios em desenvolvimento. Entretanto, os servidores físicos ainda são a opção mais utilizada, em razão de muitos investimentos já terem sido realizados no modelo tradicional e do medo dos empresários de ver seus arquivos e informações armazenados na internet ou a dependência dela.

Assim, se esse é seu caso vamos voltar a tratar o ambiente dos servidores na sua empresa.

Como a infraestrutura e a organização podem impactar o sucesso do negócio?

Uma das principais dúvidas que você deve ter, até o momento, é: como a infraestrutura dos servidores e sua organização são capazes de impactar o sucesso do negócio? 

Bom, podemos dizer que a centralização dos dados e informações em servidores permite a criação de processos mais ágeis e eficientes, aumentando o desempenho dos profissionais e, consequentemente, sua produtividade

O uso de um servidor corporativo é bem visto pelo mercado, passando uma imagem mais profissional e adequada à gestão empresarial. Existem alguns pontos em que a melhora será facilmente percebida, como organização de informações, segurança, compartilhamento de dados e gestão de TI. 

A organização das informações será útil para que a empresa localize, facilmente, os arquivos e evite perdê-los. A segurança será fundamental para proteger os computadores contra malwares, vírus e outras ameaças.

O compartilhamento de dados permitirá a troca de informações entre as equipes. Por fim, a gestão de TI contará com processos mais simples, fazendo com que a instalação de um novo programa ou a inclusão de novos usuários transcorra de forma mais eficiente. 

Como organizar a sala de servidor adequadamente?

Agora que você compreendeu a importância de um servidor e, principalmente, a necessidade de manter a sala de servidor organizada, é preciso saber como fazer isso, não é mesmo? 

1. Defina uma estrutura adequada

A primeira dica para ter uma sala de servidor organizada passa pela correta definição da estrutura. Use prateleiras, armários de metal e racks para a instalação das máquinas físicas. 

Uma prática vantajosa é elevar o piso da sala de servidor. Assim, todo o cabeamento pode ser realizado por baixo, proporcionando melhor ventilação. Quando for escolher o tipo de piso, opte pelo emborrachado, pois ele evita a criação de carga estática, que pode ser prejudicial aos equipamentos. 

Como já destacado, o ar-condicionado é fundamental. O excesso de calor pode causar o superaquecimento das máquinas. O ideal é manter uma temperatura média de 21° C.

2. Siga a normas

Existem normas que definem um padrão para a instalação da sala de servidor. Para prédios comerciais, o padrão é o ANSI/TIA/EIA-568-B, que especifica algumas normas para a tipologia de rede, a instalação do cabeamento e outros pontos importantes.

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) também conta com uma norma publicada sobre o assunto. A NBR 14565 — Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada.

3. Determine quem pode acessar

Contar com uma sala de servidor de livre acesso não é o ideal. Deve-se lembrar da importância desse espaço, pois ele é o centro de armazenamento da inteligência de sua empresa. Então, a sala de servidor não deve ser acessada por qualquer pessoa?

Uma dica interessante é criar procedimentos de segurança para o acesso à sala. Assim, somente os profissionais autorizados e qualificados para interagir e operar as máquinas terão essa concessão. 

Funcionários de limpeza, por exemplo, geralmente são terceirizados. Eles raramente recebem a correta instrução para realizarem a limpeza no local. Portanto, algum procedimento incorreto pode ocasionar danos irreparáveis.

4. Monitore os indicadores

Ao finalizar a estruturação da sala de servidor, é preciso acompanhar os indicadores. Independentemente de ser uma grande empresa ou um pequeno negócio, é preciso atentar para algumas informações.

Monitore os indicadores dos equipamentos e a temperatura da sala de servidor diariamente. Essa é a única maneira de garantir que seu servidor estará protegido. 

Além disso, conte com profissionais ou empresas especializadas no assunto, que sejam capazes de gerir toda a infraestrutura de TI de sua empresa, garantindo a segurança das informações e o uso correto dos servidores. 

É válido afirmar que os cuidados são fundamentais para a estruturação de uma sala de servidor. Atente-se para descuidos e acidentes naturais, evitando que os equipamentos possam sofrer danos importantes. Além disso, lembre-se de deixar um espaço extra, caso seja necessário ampliar sua rede. Pense nisso.

E aí, gostou do artigo? O que achou das dicas para manter a sala de servidor organizada? Deseja receber mais conteúdos como este? Então, assine nossa newsletter e não perca nenhuma de nossas atualizações.